JPMotos
Idoso de 97 anos que reencontrou esposa de 90 no hospital recebe alta após se recuperar da Covid-19
10 de outubro de 2020 às 10:15
20
Visualizações

O idoso Joaquim Severino da Silva, de 97 anos, recebeu alta do Hospital Regional do Cariri (HRC), em Juazeiro do Norte, nesta sexta-feira (9), onde fazia tratamento contra a Covid-19. Joaquim e a esposa Josefa Pereira da Silva, de 90 anos, emocionaram funcionários do hospital ao se reencontrarem na unidade, no último fim de semana de setembro, onde estavam internados para se recuperar da doença sem um saber da presença do outro.

Assim como o reencontro do casal, a recuperação de Joaquim Severino também foi celebrada pelos profissionais do hospital, que aplaudiram a saída do idoso nesta sexta, enquanto ele acenava a todos como agradecimento. Um vídeo feito na unidade mostra o momento.

Joaquim Severino foi, mais uma vez, ao encontro da esposa, já em casa após receber alta no último dia 1º de outubro.

“Volto pra casa muito satisfeito. Fui muito bem tratado aqui, hoje tô muito bem. Mas tá na hora de voltar e encontrar minha veia, se Deus quiser”, disse o idoso.

O casal está junto há 70 anos e teve de se separar quando aconteceu a internação de Joaquim Severino, em 18 de setembro. Logo depois, foi a vez de Josefa Pereira, internada em 20 de setembro. Ambos receberam os primeiros atendimentos no Hospital de Milagres, na cidade onde moram, mas nas datas citadas foram transferidos para o HRC.

Sem saber que estavam no mesmo hospital, separados apenas por uma parede, acabaram se reencontrando com ajuda da equipe assistencial que identificou o parentesco. O reencontro também foi registrado em vídeo, e a história contada pelo Diário do Nordeste no último sábado (3).

Amparado por profissionais, Joaquim vai ao leito de Josefa e pergunta, enquanto a mulher está deitada: “Tá vendo o seu velho? Tá vendo o seu velho?”. Em seguida, Josefa levanta, faz carinho no rosto dele e lhe dá um abraço.

Josefa respondeu mais rápido ao tratamento e voltou pra casa logo depois, no dia 1º de outubro. Joaquim Severino permaneceu no hospital até esta sexta.

Diário do Nordeste

ComentáriosComentários