JPMotos
Radialista de Icó morre por complicações da Covid-19 aos 59 anos
21 de dezembro de 2020 às 13:02
23
Visualizações

Por volta das 22h desse domingo, dia 20, o radialista Nacélio Cavalcante, 59 anos, morreu por complicações da Covid-19 na UTI do Hospital de Pronto Atendimento de Icó. Nacélio Cavalcante era natural de Iguatu e a quase 25 anos morava em Icó e trabalhava na rádio Papagaio FM 97,5 desde 1997.

Na emissora, apresentava de segunda a sexta, de 13h às 15h, o programa jornalístico ‘Espaço Livre’ e aos sábados a partir das 5h, o programa ‘Toca Tudo’. As informações são do radialista Richard Lopes.

O radialista foi candidato a vereador por 3 vezes, uma delas ficando na suplência. O comunicador estava internado desde o último dia 10 de dezembro e nos últimos dias seu estado de saúde se agravou e ficou entubado.

A morte do radialista Nacélio Cavalcante causou comoção nas redes sociais e deixou a população icoense enlutada.

No dia 16 de março deste ano, na CE 282, no conjunto Gama em Icó, o radialista guiava sua motocicleta quando foi colhido por um carro e ficou quase dois meses gravemente ferido, hospitalizado, e a cerca de um mês sua mãe tinha falecido e agora ele morrer vítima de Covid 19.

Nacélio Cavalcante, trabalhou nas principais emissoras de rádios em Iguatu, sua terra natal, e outras do interior cearense. Seu corpo foi retirado do hospital de ponto atendimento na manhã desta segunda-feira, dia 21, em um carro funerário que teve acompanhamento de amigos e fãs na cidade.

A prefeita de Icó, Laís Nunes, em sua página no facebook, disse que o momento é de muita dor e angústia por tantas perdas irreparáveis advindas desta doença que assola o mundo e continua tirando familiares, amigos e pessoas admiráveis, que faziam a diferença no nosso dia a dia, como o amigo Nacélio Cavalcante.

O radialista foi sepultado ainda nesta manhã em Iguatu. O carro funerário, antes de seguir para Iguatu, parou com o caixão do comunicador em frente a emissora que ele trabalhava, a Papagaio FM.

Por João Boaventura Neto
Com Parceria Site Miséria.com.br

ComentáriosComentários