JPMotos
O que está em jogo, onde assistir e prováveis escalações
26 de dezembro de 2020 às 05:00
15
Visualizações

A fase não é boa e o momento atual é o mais delicado na temporada. Entretanto, o torcedor do Fortaleza acredita que é possível terminar 2020 de forma positiva. A missão é difícil, mas entre os tricolores não há outro pensamento que não seja de superar o embalado Flamengo de Rogério Ceni, neste sábado (26), às 19 horas, na Arena Castelão, em duelo que marca a última partida do time neste ano e vale mais que três pontos: em campo, duelo inédito com o ex-técnico, um dos personagens mais vitoriosos da história do clube centenário.

Somente a vitória é capaz de devolver o clima de tranquilidade ao dia a dia do Leão do Pici e também para a sequência de trabalho do técnico Marcelo Chamusca, que vem sendo bastante criticado por conta do baixo aproveitamento de somente 28,5% no comando da equipe. Até aqui, em sete partidas, foram três derrotas, três empates e apenas uma vitória.

Além disso, a atuação na derrota para o Ceará, no último domingo (20), gerou ainda mais indignação pelo desempenho ruim. O Fortaleza foi dominado no Clássico-Rei e não apresentou sinais de um futebol ofensivo, organizado e eficiente, que era marca desta equipe anteriormente.

Os protestos realizados por um grupo de torcedores na última terça-feira (22) aumentaram ainda mais a pressão e a necessidade para que o Tricolor volte a triunfar após uma sequência de quatro partidas sem vitórias.

“É uma pressão que nós jogadores deixamos acontecer. Alguns resultados negativos vêm de alguns jogos. Acho que, da Série B até agora, esse é o pior momento que a gente vive dentro da competição. Agora é dar a volta por cima”, disse no decorrer da semana o atacante Osvaldo, um dos jogadores mais experientes do atual elenco e torcedor declarado do Fortaleza.

Os desfalques ficam por conta do volante Juninho, expulso no Clássico-Rei, e do atacante Yuri César, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, e que já não poderia atuar por estar no Fortaleza emprestado pelo Rubro-Negro, com vínculo encerrado no fim do Brasileirão.
As duas equipes buscam ainda o resultado positivo para fechar o ano de 2020 com chave de ouro. Após o jogo, os times só voltam a campo no dia 6 de janeiro.

Risco de Z-4

A situação é ainda mais preocupante pelo risco de terminar a rodada na zona de rebaixamento. Isso acontecerá caso o Fortaleza não vença o Flamengo e Sport, Bahia e Vasco vençam os jogos contra Goiás, Internacional e Athletico-PR, respectivamente.

Reencontro com Ceni

Legenda: Rogério Ceni deixou o Fortaleza e acertou com o Flamengo após rescisão contratual
Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Além de todo o contexto que já dimensiona o duelo, esta partida tem um elemento ainda mais especial. Um personagem que nem sequer entrará em campo, mas certamente será o centro das atenções. Rogério Ceni volta ao Castelão pela primeira vez após ter trocado o Fortaleza pelo Flamengo e, de forma inédita, enfrentará o clube que o consolidou como técnico e onde virou ídolo.

Ao todo, Ceni ficou 1.041 dias à frente do Fortaleza, comandando a equipe em 153 jogos, acumulando 81 vitórias, 33 empates e 39 derrotas, com aproveitamento total de 60,1%.

O Flamengo de Ceni vive momento totalmente oposto ao Fortaleza no Brasileirão. São quatro vitórias seguidas e o atual vice-líder segue firme na busca pelo título.

Mudanças no Fla

Para esta partida, o Flamengo não poderá contar com jogadores importantes. Gabigol e Filipe Luis estão suspensos, sendo substituídos naturalmente por Pedro e Renê.

De última hora, o técnico Rogério Ceni sofreu mais uma baixa: o goleiro Diego Alves sentiu desconforto muscular na coxa direita e nem sequer seguiu viagem com a delegação rubro-negra.

O jovem Hugo Souza assumirá a titularidade para a partida, e César será opção no banco de reservas.

O atacante Michael, que é reserva, mas constantemente tem oportunidade, foi outro que sentiu dores e não viajou.

Ficha técnica

Fortaleza x Flamengo

Competição: Série A do Brasileiro – 27ª rodada
Local: Arena Castelão, em Fortaleza/CE
Data: 26 de dezembro – 19 horas

Fortaleza: Felipe Alves; Tinga, Paulão, Jackson e Bruno Melo; Felipe e Ronald; Romarinho, Mariano Vázquez, David e Wellington Paulista. Técnico: Marcelo Chamusca

Flamengo: Hugo; Isla, Rodrigo Caio, Natan e Renê; Willian Arão, Gérson, Everton Ribeiro e Arrascaeta; Bruno Henrique e Pedro. Técnico: Rogério Ceni.

Árbitro: Rafael Traci (SC)

Transmissão: ao vivo no Premiere e na Rádio Verdinha, e em Tempo Real no Diário do Nordeste.

Diário do Nordeste

ComentáriosComentários