JPMotos
Conselheiros Tutelares comentam sobre o caso da criança acorrentada dentro de barril em Campinas.
8 de fevereiro de 2021 às 16:00
61
Visualizações

Os conselheiros tutelares da cidade de Ipaumirim-CE, participaram ao vivo na TV Sul Cariri e falaram sobre o caso da criança de 11 anos, encontrada dentro de um barril, na cidade de Campinas no estado de São Paulo.

O conselheiro Francisco Vicente (Dedé), explica que nesse tipo de situação o Conselho Tutelar tem que ser primeiro acionado através da sociedade e só depois da denúncia o órgão visitará a residência, notificará os pais e posteriormente o caso é encaminhado ao Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e Ministério Público.

 

Todos os conselheiros presentes enfatizaram que para ter um trabalho bem feito a população tem que ajudar denunciando sempre que possível.

Caso da criança presa no barril repercutiu em todo o mundo (Foto: reprodução)

O CASO

O menino de 11 anos foi trancado e acorrentado pelo próprio pai dentro de um barril, na cidade de Campinas, no interior de São Paulo, como forma de um ‘castigo’ por mal comportamento.

Vizinhos denunciaram o caso para a polícia que resgatou o menino que estava nu, dentro de um tambor de metal, fechado com uma pia pesada, onde o pequeno mal conseguia se mexer, e tinha correntes na cintura, pés e mãos. Casos de maus tratos já foram outras vezes denunciados, e o trabalho para acompanhar o caso seria feito pelo Conselho Tutelar.

O menino morava com o pai, a namorada dele e a filha da namorada. Todos foram presos. O pai responde por maus tratos.

CEARÁ 1

ComentáriosComentários