JPMotos
Brasileira é a primeira mulher negra latino-americana a alcançar o topo do Everest
27 de maio de 2021 às 08:14
10
Visualizações

A montanhista brasileira Aretha Duarte foi a primeira mulher negra latino-americana a chegar no topo do Monte Everest, o pico mais alto da Terra. A conquista ocorreu no último domingo, 23, e foi compartilhada pela brasileira em uma publicação nas redes sociais. Estou digerindo essa experiência única e rara que vivi, disse Aretha. Com 8.848 metros de altitude, o Monte Everest fica localizado na cordilheira do Himalaia, entre Nepal e Tibete.

No Instagram, Aretha destacou o quanto surreal é a montanha e a força que ela precisou para chegar ao topo. “Surreal é essa montanha e quanta força sobrenatural foi necessária pra eu chegar e voltar do topo com saúde e segurança. Por enquanto vou deixar registrada aqui a minha gratidão por todo incentivo, apoio, orações e boas vibrações. Saibam, tudo isso foi essencial para que o nosso projeto de escalar o Everest fosse realizado com sucesso”, agradeceu.

Antes de chegar no ponto mais alto do mundo, Aretha ainda passou 11 dias no Campo Base do Everest, que fica a mais de cinco mil metros de altura. Nenhum sonho é maior que a nossa capacidade de realizá-lo. Essa conquista é nossa, da Aretha e de cada um de vocês, que acreditou e confiou nesta mulher em sua jornada de autotransformação e regeneração socioambiental, escreveu a montanhista no Instagram.

A moradora de Campinas, no interior de São Paulo, recolhia e vendia material reciclável para levantar dinheiro para a viagem. No último ano, Aretha também intensificou os exercícios físicos para adquirir resistência e conseguir escalar o Everest. A brasileira é graduada em Educação Física, com especialização em Fisiologia, Bioquímica, Nutrição e Treinamento Esportivo, e atua no montanhismo desde 2004.

Fonte: O Povo

ComentáriosComentários