JPMotos
Recuperados pela Polícia, equipamentos de Som de Carlinhos do Paredão se encontram em Cajazeiras
6 de abril de 2021 às 11:24
540
Visualizações

A polícia civil de Cajazeiras trouxe no último final de semana equipamentos de som que foram roubados da casa do casal Lívia Gonçalves e Carlinhos do paredão que morreram no mesmo dia vítima da COVID 19 e que tiveram a casa arrombada seguido de furto no dia do sepultamento.

O roubo ocorreu em Cajazeiras, mas as prisões aconteceram em Campina Grande.

Segundo o delegado Glauber Fontes, cerca de 80% do equipamento roubado foi recuperado na ação que durou 30 dias.

A Polícia Civil da Paraíba apreendeu equipamentos furtados da casa de Carlinhos do Paredão e prendeu três pessoas envolvidas no crime, sendo um participante do furto e outros dois por receptação, por serem donos de equipadoras de veículos e estarem de posse dos produtos furtados.

As prisões aconteceram no final da tarde de terça-feira (23) de março na cidade de Campina Grande, mas só foram divulgadas nesta quinta-feira (25) março.

O furto ficou bastante conhecido e chamou a atenção da sociedade por ter sido praticado na casa do Carlinhos do Paredão, em Cajazeiras, no mesmo dia do sepultamento dele e de sua esposa, ambos mortos em decorrência de complicações da Covid-19.

Relembre o caso:

“O fato aconteceu na madrugada do dia 23 de fevereiro de 2021, ocasião em que elementos não identificados adentraram a oficina de Carlinhos do Paredão e subtraíram diversos aparelhos de som. Não bastasse esse fato lamentável, Carlinhos e sua esposa foram sepultados no final da manhã do dia 23 e, no mesmo dia, no período noturno, os indivíduos praticaram o delito”, destacou o delegado Glauber Fontes, da Seccional de Polícia Civil de Cajazeiras

Segundo o delegado, a ação aconteceu com o apoio da Delegacia de Roubos e Furtos de Campina Grande e de policiais civis do setor de inteligência da Polícia Civil, além do apoio da Polícia Rodoviária Federal.

Nesse último final de semana os policiais do GTE foram buscar as peças que foram recuperadas na sede da delegacia de Campina Grande e foram devolvidos aos parentes.

Com Ângelo Lima

ComentáriosComentários