JPMotos
Acusado de vários crimes foi baleado esta noite no João Cabral em Juazeiro
27 de janeiro de 2020 às 09:15
47
Visualizações

Uma tentativa de homicídio à bala foi registrada por volta das 19h30min deste domingo na Travessa Manoel de Barros (João Cabral) em Juazeiro do Norte. O pedreiro José Eduardo Leite da Silva, de 30 anos, ali residente e apelidado por “Neguim”, foi lesionado com vários tiros e socorrido pelo SAMU ao Hospital Regional do Cariri (HRC) onde segue internado. Ele tem várias passagens pela polícia por crimes de homicídio, lesão corporal, furtos e roubos em Juazeiro e Crato.

No dia 08 de maio de 2018 o mesmo sentou no banco dos réus durante sessão do Tribunal do Júri em Juazeiro para responder como coautor da tentativa de homicídio contra João Soares da Silva e terminou absolvido. O crime aconteceu no dia 2 de março de 2008 na Rua Delmiro Gouveia (Salesianos) quando a vítima estava na porta de casa e o então adolescente Alexandre Cavalcante Morais se aproximou atirando. Este fugiu na garupa de uma bicicleta guiada por “Neguim”.

Os dois foram presos por policiais militares e o adolescente estava com o revólver usado no crime. “Neguim” se defendeu afirmando desconhecer o desejo do menor e que estivesse armado para matar alguém apenas dando uma carona. Na época, foi solto para responder em liberdade e, posteriormente, preso por conta de outros crimes. Inclusive, um homicídio duplamente qualificado, sendo decretada a sua prisão preventiva.

A polícia apurou que o atentado contra João Soares tinha sido motivado por vingança já que, dias antes, ele agredira o menor e o pai deste. “Neguim” é usuário de drogas e responde ainda por arrombamento, danos e já tinha sido vítima de uma tentativa de homicídio tendo como indiciado uma pessoa identificada apenas por “Maxsuel”, cuja Ação Penal terminou protocolada no dia 18 de outubro de 2013 na 1ª Vara Criminal da Comarca de Juazeiro.

O homicídio qualificado que praticou teve como vítima Francivaldo Fernando de Lima protocolado no dia 1º de setembro de 2010 na mesma vara. No dia 16 de agosto de 2011 “Neguim” fugiu da cadeia pública de Juazeiro quando cumpria pena por furto. Já no dia 21 de fevereiro de 2012 baleou no abdômen um adolescente de 15 anos que o perseguiu após assalto com um comparsa junto ao Mercantil Deus é Mais, pertencente à mãe do menor.

O estabelecimento comercial funciona na Rua Joaquim Leandro de Sousa (Pedrinhas) em Juazeiro de onde a dupla roubou R$ 500,00 do caixa. Já no dia 24 de Fevereiro de 2012 “Neguim” foi lesionado com dois tiros de revólver no cruzamento das ruas 22 de Julho e São Mamede (Bairro Franciscanos) quando apontou como autor dos disparos o vendedor Cosmo Maciel da Silva, de 24 anos, que residia na Rua São Geraldo no bairro Pirajá.

Por Demontier Tenório
Com Parceria Site Miséria.com.br

ComentáriosComentários