JPMotos
Controladoria vai apurar briga de policial civil com funcionária de hotel em Jeri
13 de outubro de 2020 às 10:58
63
Visualizações
Câmeras do hotel filmaram a briga. A policial está no chão (detalhe)
A Policial civil teria passado a filmar o hotel após ter sido barrada na piscina

A Polícia Judiciária (Civil) do Ceará (PJCE) e a Controladoria Geral dos Órgãos da Segurança Pública e do Sistema Penitenciário (GCD) vão apurar, simultaneamente, o incidente ocorrido durante o feriadão em que uma inspetora da Polícia Civil se envolveu com a funcionária de um hotel na Vila de Jeri, no Município de Jijoca de Jericoacoara, no Litoral Norte do estado (a  287Km de Fortaleza). Uma luta corporal entre as duas mulheres acabou sendo filmada e o vídeo foi parar nas redes sociais.

O fato teria ocorrido na noite do último sábado (10), à noite. De acordo com as primeiras informações colhidas pelas autoridades, as duas mulheres se desentenderam e foram às vias  de fato. A inspetora da Polícia Civil (identidade preservada), estaria alcoolizada e tentado entrar na piscina do hotel fora do horário estabelecido pelo hotel, sendo impedida pela funcionária. As duas começam a discutir e a policial desiste de ir para a piscina.

Usando trajes de banho, a inspetora é vista retornando para o setor dos quartos do hotel e seguida pela funcionária, que passa a filmar a policial. Em dado momento, a agente de Segurança, insatisfeita com a filmagem sem a sua autorização, parte para cima da funcionária e derrubar seu celular. Daí em diante, as câmeras do hotel mostram as duas mulheres brigando. A inspetora repete: “você não me filme!”.

O incidente só termina quando dois outros hóspedes separam as duas mulheres.

Nas redes sociais a funcionária do hotel – não identificada – diz que foi agredida e teve seu celular danificado pela policial. Já a inspetora teria se revoltado porque outras pessoas estavam na piscina e ela foi impedida de entrar.

O caso foi registrado pela Delegacia Regional de Polícia Civil de Camocim.

Em nota, o Sindicato dos Policiais Civis do Estado do Ceará (Sinpol) se solidarizou com a inspetora. Veja a nota do Sinpol:

O SINPOL/CE lamenta a exposição da Policial Civil no vídeo circulado no dia de hoje e esclarece que, segundo a inspetora, o fato se iniciou quando a hóspede queria ter acesso às dependências de lazer do Hotel, a exemplo de outros clientes que estavam no local. Sua entrada foi obstaculizada pela funcionária do Hotel. A partir daí, ao exigir o mesmo tratamento de outros hóspedes, que não lhe foi dado, a policial usando máscara começou a filmar o hotel (como se percebe no vídeo) para registrar o constrangimento e o tratamento desigual, inclusive com descumprimento das medidas sanitárias impostas pelo Governo.

Ao ser provocada injustamente e para defender a sua honra, pois estava de traje de banho, tentou pegar o celular da funcionária que reagiu se agarrando e derrubando a policial no chão. A policial, bem conceituada no exercício de suas funções, reitera que não realizou nenhuma agressão à funcionária, apenas tentou parar a filmagem, sendo referido fato isolado em sua vida profissional. Ao contrário, foi lesionada em sua imagem, moralmente e fisicamente pela ofensora quando tentou impedir gravação ofensiva a sua honra e buscará as medidas judiciais cabíveis para minimizar a ofensa sofrida.

Por fim, o Sindicato opta por não divulgar o nome da inspetora para evitar a exposição desnecessária em redes sociais.”     Kaio Castro, Coordenador Jurídico do SINPOL/CE.

Com Informações Fernando Ribeiro

ComentáriosComentários