JPMotos
Grilo morreu afogado num açude de Várzea Alegre na região do Cariri
8 de fevereiro de 2020 às 13:36
163
Visualizações

Mais um caso de morte por afogamento foi registrado na região do Cariri. Por volta das 22 horas desta sexta-feira uma patrulha da Polícia Militar de Várzea Alegre esteve no açude do Distrito de Naraniú em virtude do achado de um cadáver boiando nas águas. Populares identificaram a vítima como sendo do jovem Edison Soares Palmeira, de 30 anos, que era apelidado por “Grilo” e residia no Sítio Alto dos Andrés. O corpo foi recolhido pelo rabecão e necropsiado na Perícia Forense de Iguatu.

Em maio de 2016 “Grilo” passou a responder procedimento por crime de violência doméstica contra Ângela Maria Alves Rozeno da Silva. Já durante o carnaval daquele ano, mais precisamente no dia 8 de fevereiro no Distrito de São Caetano em Várzea Alegre, houve um conflito armado à faca por causa de desentendimento num jogo de futebol. O vendedor Cícero Borges do Nascimento, então com 20 anos, e “Grilo” travaram a luta e os dois saíram lesionados, sendo socorridos ao HRC em Juazeiro.

O último caso de morte por afogamento na região do Cariri tinha acontecido domingo (02) em Juazeiro. Por volta das 15 horas a polícia foi avisada sobre o achado de um cadáver boiando nas águas do Açude Barro Branco no bairro Vila Três Marias em Juazeiro. Militares do Corpo de Bombeiros estiveram no local e retiraram o cadáver de Djivan da Silva Gomes, de 30 anos, o qual residia na Rua São Benedito no bairro Limoeiro.

Por Demontier Tenório
Com Parceria Site Miséria.com.br

ComentáriosComentários