JPMotos
Médicos da UPA de Juazeiro do Norte pedem demissão em massa por atraso salarial
5 de dezembro de 2019 às 12:52
92
Visualizações

Profissionais de saúde que atendem na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), do bairro Limoeiro, em Juazeiro do Norte, na Região do Cariri, pediram demissão em massa nessa última quarta-feira (14). Já são nove médicos que deram entrada no pedido de desligamento e não atuam mais na unidade de saúde. A informação foi confirmada pelo Sindicato dos Médicos do Ceará que acompanha o caso.

Segundo Edmar Fernandes, presidente da entidade, os médicos já estão sem receber salário há dois meses e sem aumento salarial há pelo menos sete anos. “Às vezes o atraso chega a três meses. Nunca regulariza, sempre tem atraso e aí quando os médicos viram que a Prefeitura não tinha intenção de regularizar a situação, resolveram pedir demissão”, esclareceu.

A Prefeitura de Juazeiro da Norte, por meio da Secretaria da Saúde, emitiu posicionamento informando que está esperando repasses financeiros do Ministério da Saúde e, por isso, não realizou ainda o pagamento ao Instituto Médico de Gestão Integrada (Imegi), empresa de gestão de unidades hospitalares que é responsável pela UPA do bairro Limoeiro. O Sistema Verdes Mares solicitou maiores informações sobre o caso ao Ministério da Saúde mas não recebeu respostas até a publicação desta matéria.

Sem interrupção

Conforme a Secretaria da Saúde do Município, os atendimentos seguem sendo realizados com remanejamento de equipes. Paras as vagas dos plantonistas que pediram demissão, a Pasta informou que a lacuna será preenchida com contratação de substitutos. A Secretaria informou ainda que “está dando o apoio necessário para que os serviços à população não sejam prejudicados, inclusive com manutenção de plantonista extra no local”.

Diário do Nordeste

ComentáriosComentários